PostgreSQL Dicas

Neste rápido artigo procurei reunir algumas dicas úteis ao se trabalhar com o banco de dados PostgreSQL.

Setando uma chave estrangeira (foreign key) em um campo já existente na tabela:

ALTER TABLE endereco ADD CONSTRAINT endereco_usuario_id_fkey FOREIGN KEY (usuario_id) REFERENCES usuario(id);

No exemplo anterior, foi criado uma constraint no campo usuario_id da tabela endereco referenciando a tabela usuario campo id.

Alterando a senha do usuário postgres do banco de dados:

Entrar no banco de dados template1
psql -d template1 -U postgres
Executar a query para alterar a senha:
alter user postgres with password 'senha';

Os comandos anteriores de mudança de senha são válidos somente para as versões 7.3 e mais recentes do PostgreSQL.

Renomenado tabelas:

Renomear tabelas no Postgres é bem simples:

ALTER TABLE “nome_tabela” RENAME TO “novo_nome”

Exemplos:
ALTER TABLE user RENAME TO usuario;
ALTER TABLE employee RENAME TO funcionario;

Criando indexes:

Para criar um indíce no campo nome da tabela usuario:
create index idx_nome on usuario(nome);

O PostgreSQL permite também criar indíces usando expressões. Exemplo:
create index idx_lower_nome on usuario(lower(nome));

Você pode rodar queries usando o indíce criado no exemplo acima:
select * from usuario WHERE lower(nome) = 'alberto';

Exibir resultado das queries em formato modo extendido no psql:

Para habilitar o formato modo extendido no psql, utilize o comando abaixo:
x

Esta função é útil quando você precisa printar na tela valores de campos muito longos. Os nomes de campos são exibidos em uma coluna à esquerda e os valores em outra coluna à direita.

Para listar os nomes dos banco de dados no psql:
l

Para listar os nomes de tabelas ou os detalhes de uma tabela no psql:
d <tabela>

Please follow and like us:

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: